15:00

AGORA NA POPROCK

Pop Rock Bagé
18:00

A SEGUIR

Prioridade Máxima

Notícia

Museu virtual de Gilberto Gil entra no ar trazendo "disco perdido" gravado em 1982 nos EUA

Por: Portal Vagalume - 15/06/2022 às 17:19

Feito para o mercado americano, cantor decidiu não lançar o trabalho que foi encontrado, por sorte, nos arquivos do músico
Feito para o mercado americano, cantor decidiu não lançar o trabalho que foi encontrado, por sorte, nos arquivos do músicoCrédito: divulgação

Um museu virtual dedicado à vida e obra de Gilberto Gil já pode ser "visitado" por fãs de todo o mundo do cantor - não à toa ele está escrito em inglês. Feito em parceria com o Google - a página faz parte do projeto "Google Arts & Culture", o site traz uma enormidade de material sobre o, agora também, membro da ABL, incluindo um disco que se acreditava para sempre perdido.

Gravado em Nova Iorque em 1982, esse disco traz o cantor e compositor trabalhando com o produtor Ralph MacDonald e um time de primeiríssima, incluindo o saxofonista Grover Washington Jr., o baixista Marcus Miller e a cantora Roberta Flack.

Com nove faixas, oito delas em inglês mais "Estrela" em português, o trabalho soa como os álbuns de pop adulto feitos naquele momento e não é nada absurdo imaginar algumas de suas faixas se tornando hits radiofônicos de alcance global, como a versão de "Lua e Estrela", composição de Vinícius Cantuária que, no Brasil, foi um grande hit na voz de Caetano Veloso, ou "Whend The Wind Blows", que Gil, no mesmo ano, gravaria em português como "Deixar Você".

Era aí que estava o problema da empreitada para o brasileiro. O álbum praticamente não tinha nenhuma brasilidade, ainda que MacDonald tenha trazido um sabor caribenho para algumas das faixas, e isso acabou o incomodando, ainda que ele tenha dado duro nas gravações e se mostrado satisfeito com o resultado final.

O projeto então foi arquivado e nunca mais se ouviu falar nele. Décadas depois, o baiano se lembrou dessa aventura e achou que seria interessante lançá-lo oficialmente. O problema é que a fita master havia desaparecido dos arquivos da Elektra e Gil não sabia se tinha uma cópia em seus arquivos. Só recentemente, enquanto o enorme acervo de gravações passava por processo de digitalização foi que o jornalista Ricardo Schott se deparou com o tesouro em um desses arquivos.

O álbum pode ser ouvido neste link: https://artsandculture.google.com/story/hAURpCkVJAwivg

e a sua história neste aqui: https://artsandculture.google.com/story/yAXBa5erxJGwEg

 


POPROCK FM 98.1 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - 981fm.com.br

Desenvolvido por