20:00

AGORA NA POPROCK

Pop Rock Bagé
00:00

A SEGUIR

Pop Rock Bagé

Notícia

System Of A Down lança suas duas primeiras músicas novas em 15 anos!

Por: Portal Vagalume - 06/11/2020 às 10:21

Com
Com "Protect The Land" e "Genocidal Humanoidz" banda quer conscientizar pessoas para violência que aflige os armêniosCrédito: divulgação

O System Of A Down lançou suas primeiras músicas inéditas em 15 anos. Infelizmente, "Protect The Land" e "Genocidal Humanoidz", não foram feitas em um clima de alegria, longe disso. A banda, toda formada por descendentes de armênios, entendeu que era preciso se reunir e voltar ao estúdio para que um grave caso de violação de direitos humanos em relação ao seu povo se tornasse mais amplamente divulgado e conhecido, afinal com o coronavírus e as eleições dos EUA dominando os noticiários, casos como esse simplesmente não estão sendo cobertos pela grande mídia.

O quarteto postou um longo texto em sua página no bandcamp explicando a situação (leia a íntegra abaixo) explicando de forma simples e didática o que acontece nesse momento, e pede para que seus fãs comprem as duas músicas e contribuam com o Armenian Fund, com sede nos EUA, que tem como missão ajudar as pessoas que estão sofrendo na Armênia e em Artsakh (ou Alto Carabaque). Ouça as músicas:


"Protect The Land", tem pegada mais épica, com seus cinco minutos de duração e andamento complexo:

https://youtu.be/XqmknZNg1yw

"Genocidal Humanoidz" é bem mais pesada e urgente. O andamento aqui é muito mais veloz e o clima raivoso é onipresente:

https://youtu.be/_74nVpLVn9Q

Leia a íntegra do pronunciamento feito pela banda:


"Nós, como System Of A Down, acabamos de lançar novas músicas pela primeira vez em 15 anos. A hora de fazer isso é agora, pois juntos, nós quatro temos algo extremamente importante a dizer como uma voz unificada. Essas duas canções, "Protect The Land" e "Genocidal Humanoidz", falam de uma guerra terrível e séria sendo perpetrada em nossas pátrias culturais de Artsakh e Armênia.

Estamos orgulhosos de compartilhar essas músicas com você e esperamos que gostem de ouvi-las. Além disso, encorajamos que vocês leiam para aprender mais sobre suas origens e, assim que o fizerem, esperamos que vse sintam inspirados a falar sobre as terríveis injustiças e violações dos direitos humanos que ocorrem lá neste momento. Mais importante e urgente, imploramos, com toda humildade, que você doe, em pequena ou grande quantidade, para ajudar as pessoas adversamente afetadas com o que são cada vez mais relatos de crimes contra a humanidade.

Em troca, você receberá os downloads dessas duas novas músicas e a sensação de que está realmente fazendo a diferença. Esses fundos serão usados ??para fornecer ajuda crucial, e desesperadamente necessária, além de suprimentos básicos para as pessoas afetadas por esses atos hediondos.

Em 27 de setembro, as forças combinadas do Azerbaijão e da Turquia (junto com terroristas Ísis da Síria) atacaram a República de Nagorno-Karabakh (Alto Carabaque) , que nós, como armênios, chamamos de Artsakh. No mês passado, civis, jovens e velhos, foram acordados dia e noite pelos sons e visões assustadores de ataques de foguetes, bombas caindo, mísseis, drones e ataques terroristas. Eles tiveram que encontrar refúgio em abrigos improvisados, tentando evitar que uma chuva de bombas de fragmentação, de uso ilegal, caíssem em suas ruas e casas, hospitais e locais de culto. Seus agressores incendiaram suas florestas e ameaçaram a vida selvagem usando fósforo branco, outra arma proibida.

E por que?

Porque mais de 30 anos atrás, em 1988, os armênios de Nagorno-Karabakh (que na época era um Oblast Autônomo dentro da URSS), estavam cansados ??de serem tratados como cidadãos de segunda classe e decidiram declarar sua legítima independência da República Socialista Soviética do Azerbaijão cujas fronteiras engolfaram as suas. Isso acabou levando a uma guerra de autodeterminação pelos armênios em Karabakh contra o Azerbaijão, que terminou em um cessar-fogo em 1994, com os armênios retendo o controle de suas terras ancestrais e mantendo sua independência até os dias atuais. Nosso povo vive lá há milênios e, para a maioria das famílias, é o único lar que eles e seus antepassados ??e mães, já conheceram. Eles só querem viver em paz como viveram há séculos.

Os atuais regimes corruptos de Aliyev no Azerbaijão e Erdogan na Turquia agora querem não apenas reivindicar essas terras como suas, mas estão cometendo atos genocidas impunemente sobre a humanidade e a vida selvagem para cumprir sua missão. Eles estão apostando que o mundo está muito distraído com COVID, eleições e agitação civil para anunciar suas atrocidades. Eles têm a banca, os recursos e recrutaram grandes firmas de relações públicas para descobrir a verdade e ocultar seu objetivo bárbaro de genocídio. Este não é o momento de fechar os olhos.

Há uma necessidade imediata de que os cidadãos globais exortem seus respectivos governos não apenas a condenar as ações desses ditadores desonestos, mas também a insistir que os líderes mundiais ajam com urgência para trazer a paz para a região e reconhecer corretamente Artsakh como a nação independente que é.

Sabemos que, para muitos de vocês, existem maneiras mais convenientes de como você gosta de ouvir música, portanto, considere a oportunidade de baixar essas músicas como um ato de caridade acima de tudo. Pense no preço de tabela para os downloads como uma doação mínima, e se você tiver a capacidade e puder ser mais generoso com sua doação, cada membro do System Of A Down ficará ainda mais grato por sua benevolência. Os royalties da banda desta iniciativa serão doados ao Armenia Fund, uma organização de caridade com sede nos Estados Unidos que fornece suprimentos necessários para a sobrevivência dos necessitados em Artsakh e na Armênia.

A música e as letras falam por si. Precisamos que você fale por Artsakh.

Paz,

Daron, Shavo, John e Serj"


POPROCK FM 98.1 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - 981fm.com.br

Desenvolvido por